No casamento a casa cai!

"O amor é o que o amor faz"
Nestes dois últimos meses, Sandra e eu pudemos pregar em muitos fins de semana e ficamos em hotéis diferentes ministrando em muitas igrejas.
Falamos sobre muitos assuntos, mas o que mais enfatizamos foi a coerência entre falar e fazer.
Quantas mentiras não foram contadas durante o namoro e noivado?
Quantas não foram as promessas feitas para que pudesse ser conquistado o coração do outro?
Quantos compromissos assumidos e depois quase não se lembra deles!
A prática deve acompanhar o discurso!
Muitos de nós falamos coisas impensadas.
Falamos por interesse.
Falamos por vergonha, por constrangimento talvez...
Acontece que não pode haver incoerência entre o que dizemos e o que fazemos.
Quero ser uma bênção na vida de minha família e quero pagar o preço que for necessário para que isso aconteça.
John Maxwell diz que quando nos comprometemos, somos postos a prova!
Deus disse que nos amava e deu Seu Filho para morrer e nos salvar.  Isso é amor!
Mude seus hábitos em relação a sua família.  Seja coerente.
Mude também na sua carreira, na sua religião, no seu dia a dia.
A vida parece melhor, e é, quando fazemos o que devemos fazer em nome do amor.
Não desista da sua família, pois ela é seu maior patrimônio.
Família. Você precisa cuidar da sua.
Rogério Bitencourt
manancialdepaz@hotmail.com

Postagens mais visitadas deste blog

Casais evangélicos traem mais que os do mundo!

O FIM DO CASAMENTO HÉTERO.

A vida de extravagâncias da irmã Dulce