Pular para o conteúdo principal

Deus me disse hoje que meu fim está próximo!




"A Indecisão é o projeto do medo". Napoleon Hill
Parece absurdo, mas têm gente que faz de sua vida um projeto de medo e nele trabalha com afinco para que tudo dê errado. Isso mesmo! Errado.
Esta semana estou estudando sobre sucesso e fracasso.
Estou descobrindo fatos que não imaginava acontecerem aos que se dizem crentes em Deus e servos do Senhor.
Fico chocado a cada momento que me deparo com tantos exemplos de mediocridade, falta de amor próprio e coragem para vencer e ser feliz.
É um verdadeiro escândalo o comportamento de submissão e conformismo adotado por muitos dos nossos pares.
Tudo isso, em sua maioria ocorre por causa da indecisão. A falta de iniciativa associada a um espírito de covardia exacerbada e histórias de vida marcadas pelo fracasso são a receita perfeita para se construir uma alma derrotada que gera uma vida fracassada.
Lembro-me da saudosa Rádio Relógio do Rio de Janeiro que tinha um slogan muito pertinente: "Cada minuto que passa, é um milagre que não se repete".
Precisamos viver cada minuto com se fosse um milagre. E é um milagre!
Segundo o IBGE, nossa expectativa de vida em 2010 era de 73,1 anos. Tempo demais para esperarmos sei lá o que.
Quero viver. Quero isso agora! Quero hoje e depressa mesmo.
Não posso parar minha vida com medo das coisas, do que os outros irão pensar, do que falarão se eu errar ou como serei julgado. Preciso soltar as amarras que me prendem ao cais da covardia e enfrentar os ventos que mesmo jogando o barco da minha vida de um lado para o outro me fazendo ter náusea e desconfortos horríveis, sei que o mar vai se acalmar e eu poderei olhar para o continente e ver que ele não foi capaz de me prender amarrando meus sonhos a aparente segurança que me iludia estando eu atracado aos portos da mediocridade.
É isso! Levantarei as velas e navegarei...
Vou em direção ao sol e se for bom pra mim, subo para o norte e se não gostar volto e faço tudo de novo.
Meu projeto é vencer. Meu primeiro obstáculo sou eu mesmo.
Que Deus seja comigo, pois estou ao sabor dos ventos das oportunidades e sei que com Ele não há deriva nem solidão nos mares da vida.
Pense nisso - seja feliz!
Pr Rogério Bitencourt
www.manancialdepaz.org

Postagens mais visitadas deste blog

Casais evangélicos traem mais que os do mundo!

Diante das mais recentes pesquisas científicas realizadas no meio evangélico, surge o alerta para começarmos a tratar os casamentos de uma forma mais cuidadosa e responsável. A infidelidade matrimonial entre evangélicos é maior que as dos não evangélicos! Segundo o BEPEC – Bureau de Pesquisa e Estatística Cristã - em parceria tecnológicacom aAKNA(www.akna.com.br,) fornecedora de uma das melhores plataformas de pesquisa online do mundo, 11,26% das mulheres evangélicas pesquisadas já traíram seus cônjuges. Na faixa dos homens, 24,68% traíram suas esposas. O Ministério da Saúde apresentou em 2009 a maior pesquisa já realizada sobre comportamento sexual do brasileiro. 8mil entrevistas com homens e mulheres entre 15 e 64 anos foram feitas e a pesquisa apurou que 21% dos homens em relações estáveis vivendo com conjugue mantém relações sexuais esporádicas ou contínuas com outros parceiros. 11% das mulheres, na mesma situação! Precisamos acordar para essa realidade infeliz e dar um &…

A vida de extravagâncias da irmã Dulce

Maria Rita de Souza Brito Lopes Pontes. Este era o nome de batismo da Irmã Dulce.
Transformou sua casa em centro de atendimento a necessitados.
Foi ordenada freira e recebeu o nome de Dulce em homenagem a sua mãe. Mesmo tendo como missão primeira o exercício de ensinar como professora em Salvador - BA, irmã Dulce trilhou o caminho do amor e da solidariedade dando assistência às comunidades carentes, preconizando assim suas atividades principais em suas obras sociais. Em 1936, ela fundou a União Operária São Francisco. Chegou a invadir cinco casas na Ilha dos Ratos para abrigar pessoas doentes, recolhidas nas ruas. Naturalmente, como era de se esperar, irmã Dulce foi expulsa com seus flagelados e deu início a uma peregrinação de 10 anos, ocupando temporariamente diversos lugares até que com muito trabalho e perseverança, conseguiu transformar um galinheiro do Convento de Santo Antônio em albergue, que mais tarde passou a ser o Hospital de Santo Antônio, um centro de atendimento social e e…

COMPRE AQUI O LIVRO O Próximo Passo.