Pular para o conteúdo principal

Levei um pé no traseiro!



Estou quase dando um chute no traseiro de 2015!
Na verdade, é ele quem vai dar no meu. Eu vou seguir em frente, deixa-lo-ei para trás. É ele que vai ficar.
Ele me trouxe muita dor, mas também foi generoso comigo me consolidando minha morada em Terra Alta com minha esposa Sandra Bitencourt.
Agora, depois de tudo que passei com 2015, sigo para uma nova história. 2016 está as portas e eu quero tê-lo por completo. Vai ser a melhor fase da minha vida!
Com 2015 tive muitos momentos de amor e ódio. Nossa relação foi atribulada e quase doentia. Ele sabe que até pensei em desistir, mas como fiel amigo, não contou para ninguém. Ele me conhece mais do que eu mesmo!
Estamos perto de nos separar e ele sabe que seu fim está perto. Porém, agradeço por tudo.
Vai 2015. Vai com minhas dores e lembranças ruins. Leva tudo e me permita limpar a minha mente do que você me trouxe e não foi bom.
Minha relação com você está no fim.
Deus me deu a capacidade de me apaixonar pelo ano novo e estou esperando por ele.
Será uma relação de amor, conquistas e mais vitórias do que derrotas. 2015 me preparou para isso!
"Quero trazer a memória o que me pode dar esperança". Lm 3:21

Postagens mais visitadas deste blog

Casais evangélicos traem mais que os do mundo!

Diante das mais recentes pesquisas científicas realizadas no meio evangélico, surge o alerta para começarmos a tratar os casamentos de uma forma mais cuidadosa e responsável. A infidelidade matrimonial entre evangélicos é maior que as dos não evangélicos! Segundo o BEPEC – Bureau de Pesquisa e Estatística Cristã - em parceria tecnológicacom aAKNA(www.akna.com.br,) fornecedora de uma das melhores plataformas de pesquisa online do mundo, 11,26% das mulheres evangélicas pesquisadas já traíram seus cônjuges. Na faixa dos homens, 24,68% traíram suas esposas. O Ministério da Saúde apresentou em 2009 a maior pesquisa já realizada sobre comportamento sexual do brasileiro. 8mil entrevistas com homens e mulheres entre 15 e 64 anos foram feitas e a pesquisa apurou que 21% dos homens em relações estáveis vivendo com conjugue mantém relações sexuais esporádicas ou contínuas com outros parceiros. 11% das mulheres, na mesma situação! Precisamos acordar para essa realidade infeliz e dar um &…

A vida de extravagâncias da irmã Dulce

Maria Rita de Souza Brito Lopes Pontes. Este era o nome de batismo da Irmã Dulce.
Transformou sua casa em centro de atendimento a necessitados.
Foi ordenada freira e recebeu o nome de Dulce em homenagem a sua mãe. Mesmo tendo como missão primeira o exercício de ensinar como professora em Salvador - BA, irmã Dulce trilhou o caminho do amor e da solidariedade dando assistência às comunidades carentes, preconizando assim suas atividades principais em suas obras sociais. Em 1936, ela fundou a União Operária São Francisco. Chegou a invadir cinco casas na Ilha dos Ratos para abrigar pessoas doentes, recolhidas nas ruas. Naturalmente, como era de se esperar, irmã Dulce foi expulsa com seus flagelados e deu início a uma peregrinação de 10 anos, ocupando temporariamente diversos lugares até que com muito trabalho e perseverança, conseguiu transformar um galinheiro do Convento de Santo Antônio em albergue, que mais tarde passou a ser o Hospital de Santo Antônio, um centro de atendimento social e e…

COMPRE AQUI O LIVRO O Próximo Passo.