Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2014

O evangélico e o burguês do tráfico.

Imagem
Tive o privilégio de assistir com minha esposa ao espetáculo "Olheiros do Tráfico" no teatro Sesc Casa da Gávea (RJ).
Interpretados pelos atores Bruno Suzano e Sandro Barçal e sob a direção de Moisés Bittencourt, os personagens Tavim e Crika nos remetem a dura realidade dos soldados do crime.
Parceiros no "ofício", os dois personagens são crias de uma realidade bem diferente um do outro.
Tavim, filho do morro e com um comportamento de pouca educação, age pelo instinto e sempre que se vê acuado, tende ao apelo à violência e intimidação. Para não deixar mentir as estatísticas, ele carrega princípios cristãos que o quebrantam e servem de escudo da alma quando se encontra em iminente perigo. Quando a "chapa esquenta" ele se lembra de Deus, lê um salmo e canta hinos na tentativa de buscar fuga no Criador. Ele é nervos a flor da pele e lidera a relação entre os dois. É grosseiro, obtuso, desmedido, inconsequente e apaixonadamente simples! Simplório ao extremo,…